O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, presidiu hoje à inauguração da obra de requalificação da lagoa artificial do Caldeirão Grande, em Ponta Delgada, um investimento de cerca de um milhão de euros.

A infraestrutura, sublinhou o Presidente do Governo, representa uma “oportunidade de gestão” para a “racionalização de água” na ilha de São Miguel.

“São Miguel é uma ilha que tem muita água. O problema é gerir essa água para os períodos de fenómenos extremos, também fruto das alterações climáticas, com períodos de pluviosidade extrema e de seca acentuada. É preciso fazer estes reservatórios para garantir a sua distribuição”, declarou o governante.

“Quero deixar uma palavra de grande congratulação pela realização, finalmente, desta obra, essencial no quadro da sustentabilidade e da gestão de água para distribuir à nossa agricultura”, declarou ainda, falando aos jornalistas no final da cerimónia de inauguração.

O Presidente do Governo avançou ainda que a lavoura açoriana vai poder concorrer a verbas do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para assegurar o abastecimento de água.

“Este ano há possibilidade de as explorações agropecuárias tratarem do seu próprio abastecimento de água com candidaturas ao PRR”, vincou.

A requalificação vai permitir aumentar a capacidade de lagoa em 15 mil metros cúbicos, ficando assim disponíveis 47 mil metros cúbicos.

Presentes na cerimónia estiveram, entre outros, o Secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento, o Presidente do Conselho de Administração da IROA, SA, Hernâni Costa, e o Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Pedro Nascimento Cabral.

autor: Presidência do Governo Regional