Governo dos Açores investe 3,3 ME em caminhos, eletrificação e abastecimento de água às explorações agrícolas na ilha de São Miguel em 2018

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas adiantou hoje que o Governo dos Açores vai investir este ano cerca de 3,3 milhões de euros em caminhos, eletrificação e abastecimento de água às explorações agrícolas da ilha de São Miguel, criando melhores condições para o desempenho desta atividade.

“A aposta que tem sido feita em infraestruturas de ordenamento agrário um pouco por todas as ilhas é essencial para o desenvolvimento do setor agrícola e tem um impacto direto nas contas das explorações agrícolas”, afirmou João Ponte, que falava na inauguração das obras de beneficiação do Caminho da Eirinha, no Perímetro de Ordenamento Agrário de Santana-Rabo de Peixe, em São Miguel.

O governante destacou que “tanto os pequenos investimentos, como os grandes, são importantes e dão nota da política de coesão” que o Governo dos Açores tem posto em prática, proporcionando melhores condições aos agricultores, não só em termos de acessibilidades, como de abastecimento de água e de eletrificação das explorações, seja numa ilha pequena ou maior.

“Não deixar ninguém para trás está no centro das decisões políticas”, assegurou João Ponte, reconhecendo, porém, que não é possível chegar a todos os locais ao mesmo tempo, nem acudir a todas as reivindicações em simultâneo.

As obras de beneficiação do Caminho da Eirinha, um pequeno investimento que incluiu a pavimentação de cerca de 500 metros e a construção de um sistema de drenagem adjacente, beneficiam 12 explorações agrícolas, numa área de 70 hectares.

João Ponte considerou que “ter um bom caminho não significa só ter melhores condições de trabalho para os agricultores, porque pode significar também mais rendimento”, já que, no caso de instalar eletricidade e equipamentos de frio, poderá traduzir-se num melhor preço do litro de leite pago pelas indústrias.

“Na decisão futura dos investimentos a realizar em acessibilidades teremos de ter também em consideração esse tipo de critério na avaliação”, afirmou.

A IROA tem previsto investir este ano em São Miguel cerca de 530 mil euros em abastecimento de água, 105 mil euros na eletrificação das explorações agrícolas e cerca de 806 mil euros em caminhos agrícolas, enquanto a Direção Regional dos Recursos Florestais vai investir nesta ilha dois milhões de euros em caminhos rurais e florestais.

GaCS/RM

Partilhar Notícia